Desenvolvedores: por que o cargo cresceu tanto?

Você vai ler sobre:

  1. O desenvolvimento de softwares é mesmo um mercado em constante expansão?
  2. Desenvolvedores: qual o papel do back-end e front-end?
  3. Desenvolvedores front-end: por que são cada vez mais valorizados?

Atualmente, ninguém pode mais duvidar que a maior parte, senão todas as grandes empresas e corporações, dependem dos desenvolvedores de softwares para manter o bom funcionamento dos negócios. Afinal, a pandemia de Covid-19 só confirmou o que já se esperava da tendência de que a tecnologia ocuparia um papel cada vez mais importante nas relações sociais e de consumo.

Logo, o que vemos hoje com bastante clareza é o crescimento da necessidade de profissionais com habilidades para o desenvolvimento de softwares, e a sua consequente valorização em empresas de todos os portes e segmentos.

Mas por que exatamente esses profissionais se tornaram tão importantes para o mercado? Podemos mesmo esperar que o mercado de desenvolvimento de softwares continue em expansão? O que diferencia os desenvolvedores back-end dos desenvolvedores front-end e por que os front-end são, em teoria, “mais valorizados”?

A seguir, buscamos esclarecer essas questões e demonstrar porque os desenvolvedores são profissionais que merecem a atenção da sua empresa se você busca melhorar o desempenho do seu negócio. 

Ficou curioso para saber mais? Então, não perca tempo e faça uma boa leitura!

De fato, o desenvolvimento de softwares não só é um mercado em constante expansão, como se espera que essa expansão continue com muita força nos próximos anos. 

Acontece que a tecnologia, nunca é demais lembrar, vem assumindo um papel cada vez mais importante como intermediadora das mais diversas ações e atividades do nosso cotidiano. 

Seja para nos informar ou nos comunicar, pesquisar, comprar ou vender produtos e serviços, fazer movimentações bancárias, e até mesmo para nos educarmos, dependemos do uso de computadores e celulares. 

E, embora sejamos levados a acreditar que essa é uma tendência passageira, motivada pela pandemia, e que deve perder força nos próximos anos, a verdade é que podemos esperar ainda mais transformações que vão colocar o desenvolvimento de softwares como uma das funções mais importantes para empresas dos mais diversos segmentos do mercado.

Uma estimativa do The Bureau of Labor Statistics (Secretaria de Estatísticas Trabalhistas) dos Estados Unidos, indicou que até 2028 as vagas para desenvolvedores de softwares devem crescer, pelo menos, 28%, um valor muito acima do esperado para outras vagas. 

Por essas e outras razões, os profissionais capacitados para o desenvolvimento de softwares já recebem ofertas de emprego com remunerações acima do esperado para os níveis júnior e pleno. 

Além disso, novidades como a chegada do 5G, a expansão das tecnologias baseadas em IoT (Internet of Things) e Inteligência Artificial, devem apenas confirmar a tendência de expansão desse mercado por muitos anos ainda por vir.

Por isso, não há motivos para acreditar que o papel dos desenvolvedores vai perder importância nos próximos anos. Na verdade, os gestores das empresas devem se preparar para contratar cada vez mais profissionais com habilidades de desenvolvimento back-end e front-end.

Crescimento cargo DEV - Interna.png

Desenvolvedores: qual o papel do back-end e front-end?

De modo geral, todos entendemos que o desenvolvimento de softwares é, basicamente, o trabalho de criar, desenvolver, testar e lançar os programas que usamos em nossos computadores e celulares para os mais diversos fins.

No entanto, ainda há muita confusão sobre as diferenças do papel dos desenvolvedores back-end e front-end nessa cadeia produtiva. Mas, não se preocupe. Conhecer as diferenças entre as duas funções não é nada complicado, mas é importante para entender por que os desenvolvedores front-end vem sendo cada vez mais valorizados e o que se deve esperar de um bom profissional no exercício de cada uma das duas funções. 

Desenvolvedores back-end

O desenvolvimento back-end, seria como a base ou a parte da programação que os usuários não veem. Trata-se, basicamente, da programação de códigos, base de dados e aplicações que fazem os softwares funcionarem.

Assim, toda a estrutura com a qual os usuários vão interagir, seja em um programa ou página na web, é criada pelos desenvolvedores back-end, que vão ser diretamente responsáveis pela qualidade da navegação, segurança de dados e integração dos recursos. 

Logo um bom desenvolvimento back-end é fundamental para construir plataformas digitais, aplicativos e sites funcionais, seguros e de fácil navegação.

Para isso, os desenvolvedores precisam de conhecimentos específicos e domínio dos códigos e linguagens de programação mais usados nas aplicações com as quais lidamos, como C#, PHP, Python e JavaScript.

Desenvolvedores front-end

Se o desenvolvimento back-end está relacionado à construção da parte estrutural dos softwares, sites e aplicativos, o desenvolvimento front-end cuida da parte “da frente” das aplicações. Mas o que isso quer dizer?

Ou seja, se os desenvolvedores back-end são responsáveis por estruturar as ferramentas que serão usadas nas aplicações, o papel do front-end é justamente o de desenvolver a interface com que os usuários vão interagir. Ou seja, os desenvolvedores front-end lidam com códigos como HTML, CSS e JavaScript, através dos quais se gera a parte gráfica das aplicações.

Contudo, é preciso ter cuidado para não confundir as funções dos desenvolvedores front-end com as de um designer web. Na prática, o front-end será responsável pela implementação do layout estático produzido pelos designers por meio da linguagem de codificação.

Em outras palavras, o desenvolvimento front-end é o principal responsável pela experiência que os usuários terão ao interagir com as aplicações oferecidas.

Desenvolvedores front-end: por que são cada vez mais valorizados?

Hoje, não é mais novidade dizer que a experiência dos usuários é, provavelmente, o fator de maior importância para o sucesso ou o fracasso de um site, software ou aplicativo. 

Por isso, o desenvolvimento front-end, enquanto tarefa diretamente relacionada à qualidade da experiência dos usuários, tem adquirido mais importância e, consequentemente, tem sido mais valorizado nas empresas.

Mais especificamente, a importância dos desenvolvedores front-end pode ser resumida nos três fatores que apresentamos mais detalhadamente a seguir.

Responsividade e navegação

Responsividade é o termo usado para se referir às práticas que tornam a navegação em sites, programas e aplicativos, uma experiência mais agradável. Em outras palavras, se, por exemplo, um site funciona bem nos navegadores web de um computador, mas não se comporta da mesma forma em smartphones, muitos usuários vão ter uma experiência ruim de navegação.

Por isso, uma das tarefas mais importantes dos desenvolvedores front-end é garantir uma boa experiência de navegação, testando constantemente as ferramentas nas aplicações para aprimorá-las e corrigir eventuais problemas e falhas no sistema. 

Segurança de usabilidade e dados

Os desenvolvedores front-end, enquanto responsáveis pelos pontos de contato entre clientes e empresas via aplicações, são quem deve garantir a segurança de usabilidade e dos dados dos visitantes que confiam suas informações à empresa.

Afinal, a internet ainda é um ambiente propício para as ações de agentes maliciosos que podem tentar roubar informações e dados dos visitantes que utilizam as aplicações. 

Aparência e acessibilidade

Por fim, a aparência de um site, programa ou aplicativo é o primeiro fator que influencia nas impressões de um usuário. Se a interface for confusa, as informações não forem claras e facilmente identificáveis, fazendo com que o usuário se sinta confuso são grandes as chances de ele desistir de usar a aplicação.

Assim, essas são as principais razões que explicam a importância do papel dos desenvolvedores front-end para as aplicações de sites, programas e aplicativos, e as suas consequências para a experiência dos usuários. E se você quer saber mais sobre como usar a acessibilidade na web em seu favor, aproveite e confira: “Acessibilidade na Web: invista na experiência do usuário”.

Sobre o autor

Time Lumis

Soluções para gestão da experiência do cliente

https://www.linkedin.com/company/lumis/